PETRÓPOLIS: A tragédia anunciada

Gestores Públicos devem reabrir o debate sobre a ocupação desordenada do solo

A dor vivida pela cidade Imperial de Petrópolis é compartilhada por todo o nosso povo brasileiro. A tragédia, que tempos em tempos se repete, tem que abrir novo debate sobre a ocupação desordenada do solo e suas consequências.

Assim como Petrópolis, inúmeras cidades fluminenses possuem áreas de extremo risco de deslizamento de encostas. Muitas já sofrem como a mínima ocorrência de chuva, o que dirá com uma chuva torrencial, como a ocorrida do último dia 15, em Petrópolis.

A ocupação desordenada do solo é responsável pelos maiores impactos das chuvas. Se por um lado essa ocupação é problema que vem de décadas atrás, a solução para o problema pode e deve ter início hoje. Temos que reabrir o debate sobre as possíveis soluções que, ao menos, amenizem os riscos de novas tragédias, já anunciadas.

Até quando a população deverá continuar contando com a sorte e não com as ações prévias dos gestores públicos?Até quando choraremos tragédias como a de Petrópolis?

Por mais ações e menos omissões do poder público!

Compartilhe este artigo em suas redes sociais!